Eu vou cuidar do seu jardim

Hoje eu e minha filha acordamos cedo. No verão não gosto de dias que amanhecem lindos, mas hoje eu não queria que fosse como todos os outros. O céu estava lindo. Lindo mesmo. Pensei em todas as coisas que eu poderia estar fazendo. Sonhei com lugares paradisíacos, mar, muito verde, sombra e água fresca. Marina olhou para mim com cara de “e aí, mamãe? vamos começar o nosso dia?”, e o único almejado verde mais perto de mim eram as árvores de um sítio que fica em frente à janela.

Abri a janela e entrou aquele ventinho fresco da manhã. Peguei uma toalha de mesa, forrei no tapete da sala e pela primeira vez tomamos nosso café da manhã juntas. Biscoitos, doces, pães, frios, Todynho e Coca-cola. Marina achou sensacional o piquenique na sala, assistindo Backyardigans. Eu ainda almejo mar, muito verde, sombra e água fresca, mas não trocaria aquele momento por nada nesse mundo. Tudo tem seu tempo, sua hora certa.

Esta é uma virtude que tenho e reconheço: sei brincar com meus brinquedos. Se ainda não posso lhe dar castelos, posso, pelo menos, fazê-la se sentir rainha.

 

Eu cuidarei do seu jantar… do céu e do mar…e de você e de mim.