As time goes by


Sou alguém que ama de verdade.
Que sente de verdade.
Que sorri de verdade e chora de verdade.

Alguém que tem erros de verdade.
Alguns acertos de verdade.

Poucos amigos de verdade
e amores que acreditei de verdade.

Talvez seja por isso que me magoem de verdade.
Mentem de verdade e me esquecem de verdade.
Uma pena que não me amem de verdade.

Talvez eu seja de mentira.
Talvez eu não exista.
Talvez só eu acredite em mim e nas verdades que não existem.

Tudo que se olha no espelho nem sempre é verdade.

Nem toda carta de amor é verdade.

Nem todo presente é de coração.

Há sonhos que não existem…
Mesmo aqueles que acreditamos.

Talvez um dia eu consiga entender ou acreditar que algo tenha sido feliz.
Ou de verdade.

Mas sempre teremos Paris.

Promessas

Costumo ser boa em promessas…Até naquelas que às vezes minto para mim mesma. Preciso delas para acreditar nas coisas que eu digo ou para cumprir tarefas que normalmente não conseguiria.

Hoje eu prometo a mim mesma que foi a última vez que chorei pela mesma pessoa. Que não vou mais ser fraca, e nem sofrer por não entender atitudes que estão além de mim, mesmo que tenham a ver comigo.

Eu mando em mim, e em tudo que eu sinto, mesmo que meu coração às vezes não acredite.

Ninguém mais vai me magoar à toa. EU não vou deixar.

O Globo

Na capa do Jornal O Globo de hoje o destaque maior é:

Lula veta FGTS de doméstico para poupar a classe média


O Globo… Um jornal tão sério e respeitado… Tendencioso? Nunca! É um jornal que tem total compromisso com a verdade…apenas com a verdade.

Mas eu só tenho uma coisa a dizer a eles:

EU VOTO EM QUEM EU QUISER, PORRA!

Outra noite que se vai

Um dia você me disse “tô precisando cuidar de mim!!!”.
E eu me senti tão pequenininha por não conseguir mostrar para você que sempre tentei cuidar…

Hoje eu sinto que preciso cuidar de mim… Não porque você não tente da sua forma… mas porque você precisa cuidar de você. Preciso entender que não posso mais alimentar meu coração, e nem tentar andar por caminhos que não abrem a porta do meu quarto. Que quando olho para frente, não te vejo mais. Que se eu quiser ficar bonita, não é você que vai ver. Que se eu quiser ser mais feliz, não é você que estará aqui. Porque com você eu sempre quis tudo e mais um pouco. É difícil pensar em ser feliz sem você. E sei que por mais que você queira minha felicidade, você também vai sofrer quando perceber que viramos eu-sem-você, assim como não imagino, desde o dia que te conheci, que haveria possibilidade de ser feliz de outra forma onde não fôssemos nós.

Sua felicidade é a minha também…mas eu jurava que seria comigo.

Não posso mais reclamar dos dias que você não me vê. Nem dos dias que não me ouve. Ou quando te chamava de insensível. Meu ciúme já não faz mais sentido ou ficar durante horas te explicando que só quem pode amar você sou eu….porque eu consigo te amar tanto, que não é possível que tenha sobrado mais amor no mundo.

As pessoas falam de amor próprio. Falam que não devemos ser emocionalmente dependentes. Falam que devemos nos completar a nós mesmos. Mas foda-se se as pessoas acostumaram a se consolar pela falta de um amor completo. Foda-se se eu preciso de você para ser feliz…o meu amor nunca foi manco.

Eu não preciso de você para viver. Não preciso de você para sorrir. Não preciso para respirar, e nem para chorar… Mas sem você tudo é vazio, insípido, incolor e inodoro.

Que fique com você tudo que há de melhor em mim.

Hoje eu ainda não consigo cuidar de mim, mas amanhã talvez eu comece a entender que todo mundo te ama, inclusive eu.

Você sempre será o meu amorzinho, e meu urso lindo.
Me ame sempre que precisar…
(enquanto tento te esconder de mim pra sempre)

(Que horas mesmo começa o Jornal Nacional?)

Outra noite que se vai…

Torn

Uma amiga costuma me dizer que devemos respeitar nosso momento.

Então… Se está feliz, seja feliz…E se está triste, viva sua tristeza. Uma hora qualquer uma das duas passa…por isso há tempo para tudo nessa vida.

Hoje quero ser apenas eu. Não preciso me reconhecer no espelho, assim como não quero colorir meu rosto ou usar algo que tire meus pés do chão.

Eu às vezes preciso apenas existir sem que outras pessoas percebam.

Torn