O que você está tentando fazer?

#UmaPerguntaPorDia #Diário #Rascunhos
 

Reconstruir a minha vida, que foi totalmente devastada com a morte do meu pai, há dois anos.

Acho que a gente vai descobrindo as emoções conforme o tempo vai passando. Não me estenderei tentando descrever o que sinto, porque é extremamente doloroso rever esse filme. Outro dia me peguei relembrando os detalhes dos meus últimos momentos com ele. E a memória não era tão nítida. Eu estava esquecendo pequenos detalhes, e fiquei angustiada, porque não queria esquecer. Me culpei por quase perder algo tão valioso, e me prometi que lembraria todo santo dia, até, quem sabe, decorar.

Não posso fazer isso comigo. Não posso reviver aqueles momentos todos os dias. Minha cabeça não vai aguentar. Meu coração não vai aguentar. Tenho essa mania de tentar organizar minhas emoções: aqui posso sentir, aqui não posso, esse aqui coloco na prateleira de cima. Dá um trabalhão danado essa (suposta) organização… e não serve para nada.

Este ano percebi que pior que Dia dos Pais, pior que passar qualquer data comemorativa e nossos aniversários sem ele, é passar o aniversário dele sem ele. É o pior dia do ano. Mas, não há exatamente uma regra, como sempre gosto de me submeter. Um pequeno aborrecimento pode desencadear uma angústia horrorosa, assim como um dia importante pode passar, à medida do possível, “com êxito”.

Meu aniversário tem sido mais introspectivo. Sempre esperei pelo glorioso dia como uma criança. Eu mesma criava um roteiro de como seriam aquelas 24h (olha aí a mania) dividido entre meus amigos e família. Não gostava de misturar. Minha mãe não gostava do roteiro. Dizia que eles, a família, ficavam com “as sobras” no final do dia. Acho que ela nunca vai entender que meu coração não é tão ruim quanto ela pensa. Eu gostava de fechar meu dia com chave de ouro, cortando bolo e escolhendo o primeiro pedaço… Apenas nós. O amor que dou pra eles não consigo misturar com outros. É só nosso. O restante fica aqui, outro ali, e outro ali na prateleira.

Tenho vários projetos e planos infalíveis para superação, mas a verdade é que não mando em nada, não. Tento fazer a minha parte, mas tenho a sensação de que o universo é terrivelmente mais forte que eu, grão de areia.

2 comentários em “O que você está tentando fazer?”

  1. Miga, eu tô fazendo terapia e uma das coisas que estou aprendendo é a importância de RENDER-SE. Foda, viu… Mudifícil… Mas vale a pena.

    O Universo é sim muito mais forte do que nós, mas isso é até bom quando a gente aprende que não adianta brigar com ele.

    (Não para de escrever! Tá ótimo!!!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s