Dias de Marina

Hoje acordei com a missão de matricular Marina na natação. Então vambora começar o dia, e ir bem ali pertinho de casa, rapidinho, fazer algo bem simples.

A mamãe, euzinha, faz mamadeira. Logo de manhã Marina gosta de mamar assistindo Teletubbies. Coloco Teletubbies. Ah, hoje não quer Teletubbies não? Tá, mamãe coloca Xuxinha. Ela chama quando acaba. Vamos trocar de roupa. Sei lá com que ela cisma, mas não quer largar, então vamos trocar de roupa com o que está na mão. Troca fralda. Tá frio. Coloca casaco, sem largar o brinquedinho. Coloca o sapato. Tsc, não, esse tá muito sujo. Coloca o outro. Tsc, esse não dá mais. Coloca uma sandália. Penteia o cabelo. Não, penteia o cabelo com ela andando pela casa e segurando o brinquedinho. Cadê a chupeta? Cadê o prendedor de chupeta? Mamãe agora tá com vontade de fazer xixi. Volta Marina para o berço. Ela grita, reclama. Coloco Xuxa para distrair. Mamãe vai fazer xixi. Cadê aquela blusa? Cadê a sandália? Mamãe se arruma, pega Marina do berço, Marina já está toda despenteada. Penteia Marina de novo. Cadê a água do neném? E a toalhinha? Bem, é pertinho, vamos de carrinho. Mamãe desce com o carrinho, e o neném fica gritando-parece-que-tá-matando, achando que a mamãe tá indo para rua sem ela. Mamãe volta, pega neném, desce, coloca no carrinho. Neném, que cheirinho é esse? Momento tenso. Sim, é cocô. Volta tudo de novo. Tira o sapato, tira a calça, troca a fralda, e troca a roupa toda, porque a mamãe notou que não está tão frio assim. Agora vamos. Ah é, cadê o celular? Cadê o cartão do banco? Mamãe também não pode esquecer de comprar fralda que está acabando. Vambora. Finalmente chegamos. Cadê todo mundo? Ué, a academia tá fechada? Como assim? Quem morreu? Ou.. quem mamãezinha-corna vai querer matar agora? Vambora para casa. Na rua a vizinha pergunta se já tomou vacina. Ah é, hoje é dia de vacina! Mas tenho que ir em casa pegar o cartão de vacinação. Ah é, e está na hora da frutinha. Tá bom, mas até parece que a mamãe vai dar a frutinha que tem que descascar. Danoninho é uma delícia também, ué. Sabor morango…huuummmm. Bora para vacina. Agora sem carrinho. Neném anda metade da rua e já quer colo. A pirraça-parece-que-tá-matando para tomar a vacina nem foi o problema. O problema foi que alguém, que vai queimar no mármore do devil, inventou de dar bolinha para criança depois da vacina. Mamãe veio com neném no colo, catando bolinha até em casa. Hora do almoço. Titio quer levar neném para rua para dar uma voltinha. Thanks God. Depois mamãe arruma o quarto. Depois mamãezinha-corna cata os brinquedos. Vou fazer algo para Marina comer. Ouço choro de criança, volto para porta. Sobe titio com neném chorando mostrando dodói. Caiu na rua, ralou o joelho. Cadê o Merthiolate? Cadê o Band-aid? Tsc, deixa Polvedine mesmo. Aliás, que unha é essa, hein, Marininha? Deixa mamãe cortar!!! Chega de rua! Que horas são agora? Meio-dia. Segunda eu tento a natação de novo. Vou pedir as fraldas por telefone. Agora vou arrumar o quarto enquanto cozinha os legumes.

(suspiros)

O texto já está grande e eu nem contei como foi o almoço. Também não contei como foi o banho antes do almoço. Contei que enquanto tirava a calça dela, lembrei dos legumes, e enquanto fui à cozinha, em menos de 1 minuto, ela entrou no boxe, de meia, casaco e tudo? Contei não? Se tivesse seco, tudo bem, mas titio tinha acabado de tomar banho. Linda nadando de casaco e meia no boxe. Vontadinha de chorar.

Quando conseguir matricular na natação, eu conto. Já sei que vai odiar a toquinha, já sei que vai odiar os óculos, já sei que vai ser uma merda para sair da água. E por falar em merda… será que tem fralda para piscina?

Tsc…Alguém pode chamar a minha mãe e perguntar cadê a minha chupeta e o meu mimi?

18 replies to “Dias de Marina

  1. É amiga! Acho que ser mãe é padecer no paraíso mesmo… E qto a fralda de piscina, ela existe, é muito boa mas é muito cara mesmo… um pacotinho com 12 fraldas aqui em Recife, custa 25,00, pode ser que aí seja mais caro já que aqui tudo é mais barato que aí… ma dê graças a deus, pq na minha epoca essas coisas não existiam…

  2. Gentem, que raça. Nenem da um trabalhão né?! Nem comento que fico rindo horrores da forma que vc conta as coisas.
    hahaha
    Além de tudo isso você é mãe solteira?
    Te contar que não é fácil cuidar de nenem pequeno sozinha não,
    rs
    Vc sabe né?
    Beijos e boa sorte com a lindona aí.
    ^^

  3. E eu tive q vir aqui umas 4 vezes até conseguir terminar de ler o texto, e mais 2 pra conseguir comentar. Aliás, fui, pq o pequeno daqui ainda não anda, mas logo reclama quando fica no berço sozinho. Brotam escorpiões.

  4. Tá decidido. Eu só vou ter filhos daqui a uns 10 anos. Eu to nova, tenho 21 anos, namorado vai chiar, pq diz q quer casar e ter filho logo, pq ele já tem 28. Problema é dele. EU VOU ESPERAR UNS 10 ANOS. hahahaha :)

    beijos e boa sorte com marininha

  5. ai, Dani… eu ainda chego lá!!!! hahahahha
    Por enquanto, Luca é “controlável”… ainda não anda sozinho… e eu faço as escolhas por ele… vou colocá-lo na escolinha ano que vem… preciso dessa folga!
    E tenho medoooooooo do malamém!!!
    beijos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star