Às vezes…

722619942.jpg

 

 

Engraçado… Às vezes a gente não sabe o que quer. Às vezes o coração diz “vai”, e a cabeça “não sai daí!”. Engraçado que às vezes a gente acha que ama. Ama, ama, aaaaaama. Às vezes a gente acha que odeia. E às vezes é simplesmente indiferente. Às vezes a gente se contenta com pouco. Às vezes com o que sobrou do céu. Às vezes o céu é o limite. Às vezes o amor não deixa dormir. Às vezes o amor não deixa os vizinhos dormirem. Às vezes a gente chora de dor. Às vezes a barriga dói de felicidade. Às vezes a gente quer chuva, às vezes quer sol, às vezes quer que o mundo acabe, às vezes se acabar para o dia nascer feliz.

Às vezes acho que dinheiro seria a solução para todos os meus problemas. Mas nunca precisei de muito dinheiro, graças a Deus.

Não costumo gostar muito das pessoas, porque elas não sabem usar o que mais me emociona nelas. Mas algumas pessoas eu amo tanto, taaaaanto, que me dói.

Às vezes acho que tristezas fazem parte da vida. Às vezes acho que dor melhora o coração. Mas é só uma forma de consolo… Porque a única coisa que tenho certeza é que todo mundo deveria ter direito a ser feliz para sempre. Mesmo aqueles que nem amo tanto.

29 replies to “Às vezes…

  1. Engraçado…

    Faz um tempo que entro no MB já, e logico, naum perdi ontem vcs no programa do Jô. Foi legal conhecê-las…
    Adoro os seus textos, e vivo falando que um dia, ainda escreverei como vcs…
    Amo escrever, amo a vida, e me sinto mto parecida com vc.
    Suas duvidas, seus medos, seus anseios…

    =)

    Seus textos são realmente maravilhosos, parabéns!!

    Dayane – 18 anos – Campo GRande-MS

  2. Oi..
    É a primeira vez que visito o seu blog. Mas você sabe quando você lê o que outra pessoa escreveu e aquilo parecesse que vai direto ao seu coração? Já aconteceu com você? Não te conheço, nem real, nem virtualmente, mas já gostei muito de você. Acho que virei muitas vezes por aqui.

    Um grande abraço!

  3. Está acontecendo a mesma coisa comigo. Acho que o coração já foi, a cabeça está no meio do caminho e o corpo continua inerte e anestesiado. POr nunca ter me sentido dessa forma, não tenho o mínimo tato para lidar com esse tipo de situaçào e voltar a ser quem eu efetivamente sou.

    Enfim; mas como você está?!?! E a filha?!?!?! Sei que tenho aparecido em espasmos esporádicos mas manda notícias.

    Saudades … Beijos.

  4. Até a felicidade é relativa, né?? Somos inconstantes e incertos, mas buscamos “sempre” o mesmo objetivo… cada qual a sua maneira, cada qual a seu sabor. Será que algum dia alcançaremos a tão almejada felicidade??
    Sei lá, mas enquanto “ela” não chega assim, por completo… vou me conformando com “momentos felizes”!! Podem nem serem muitos… mas são tão bons!
    Beijinhos
    Li

  5. Ow, Dani… :-)

    TODO MUNDO tem o direito de ser feliz. A pegadinha é que NINGUÉM tem o dever de te fazer feliz…

    E esta pegadinha faz toda a diferença do mundo… ;-)

    Você precisa convencer alguém a te fazer feliz… E quando as pessoas percebem isto, tudo começa a funcionar.

    Palavra. :-)

  6. Eu sempre penso que dinheiro seria a solução pra tudo….mas percebi que isso me deixa ainda mais triste pq dinheiro falta todo fim de mês…Tenho que encontrar outra justificativa pra ser feliz, ou triste….

  7. Oi Danielle,
    Passei para dizer que gosto muito dos seus textos, da sua maneira suave de transmitir sentimentos…acompanho o MB a algum tempo e é um prazer ler os seus textos…

    Tenha um lindo fds!

    Beijosss

  8. Direito de todos serem felizes pra sempre.

    APOIADA!!!

    Será que passa no congresso??

    Bom, se passar a licença maternidade de 6 meses eu me garanto pelo menos 6 meses de felicidade!

  9. Gostei do “Às vezes a gente ACHA que ama”. haha.
    Eu sempre acho q amo. :)

    Concordo, sabe. Dores melhoram mesmo o coração (mas só quando você aprende a lidar com elas).

    beijos-e-bom-feriado-prolongado

  10. Ahhhh as coisas são sempre assim. Ora perfeita e ora totalmente fora do lugar. Parece que a gente se desconhece ao ponto de não saber mais se gostamos ou não. Mas aí está a graça da vida. E ainda bem que temos o direito de escolher nossos amigos, que conseguem nos fazer bem mesmo quando tudo parece estar fora de sincronia na vida.

    Beijos e mais uma vez um belo texto.

    ;)

  11. Olá!!
    Adoro seu blog!!
    Sempre dou uma passadinha!!
    Adoro o que escreve… Chego a gostar de vc sem ao menos conhecê-la!! Rsrsrs…
    Bjão!!

  12. Eu sou 8 ou 80… esse negócio de ‘às vezes’ sempre tá presente na minah vida :(

    Mas eu sou muito intensa… qd amo, amo demais, qd odeio, odeio mais ainda…

    Mas o mundos eria perfeito se todo mundo fosse muito feliz :D

    Beijinho

  13. “todo mundo deveria ter direito a ser feliz para sempre”

    nussssssssssssss mas qto autruísmo por aki!! Qdo eu digo que Sinhazinha operou um milagre nessa alma neguim me chama de debochada… rs

    bem loira, eu NUNCA sei examente o que quero. Aliás, quero sempre várias (e as vezes inconciliáveis tsc) coisas ao msm tp. Mas o que eu queria dizer msm é que achei bárbaro isso do “às vezes se contentar com o que sobrou do céu…” (tu sabe, sou um ogro sensíiiiiiiiivel)

  14. E não é exatamente este saber e não saber da alma que nos encanta e nos faz fascinante? A incostância que nos persegue o ser. E mesmo sentimentos que são retilíneos em definições que não existem se fazem incostantes pelo grau de intensidade que empregamos. Esta é a mágica da vida.
    Belo Texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star