Direitos autorais Deixa eu falar uma coisa import…

Direitos autorais

Deixa eu falar uma coisa importante…

Já falei sobre isso algumas vezes, mas vou tentar ser mais bacana dessa vez….

Primeiro que quem gosta de cópia é a Xerox. Todo mundo gosta de ter seus méritos, sendo isso reconhecido pela maioria ou não.Você não precisa ser famoso para querer que as pessoas te respeitem. Um advogado que não é famoso é um advogado que não é famoso. Nem todos os médicos são Pitanguy, e todas as mães não são Maria. Se alguém usar a foto do seu filho por aí com a legenda “meu filho é lindo”, você não vai achar a menor graça. E não precisa nem ter legenda não, viu? Só de usar uma foto do seu filho, sem sua autorização, para ilustrar qualquer coisa, quero ver se você vai se sentir homenageada por isso.

Uma vez vi um texto de uma amiga sendo plagiado, e como resposta pelo plágio a pessoa fez pouco caso do texto e ainda disse que tinha coisa melhor para fazer do que se preocupar com isso. Pior ainda foi perceber as pessoas apoiando. Pessoas que em seus blogs têm selinho de “cópia não!”, “plágio é crime” ou “seja inteligente e faça você mesmo”.

Pimenta no dos outros é refresco, né, honey?

Quando você pega o texto de alguém, publica e não dá os créditos, esse texto corre o risco de correr pela Internet com autores errados ou como autor desconhecido. E, COMO ASSIM “autor desconhecido”? NINGUÉM escreve textos sem assinar. Na verdade alguém gostou, copiou e a coisa foi espalhando por aí. Eu já recebi textos do Mulé Burra por e-mail, que estava circulando pela Internet, sem autoria e sem nenhuma referência ao site, e pior: a pessoa que me mandou nem imaginava que era meu!

Às vezes, por curiosidade, procuro meus textos no Google e já os achei de tudo quanto é forma. Maioria cocotinha querendo mostrar que escreve bonito. Pouquíssimas pessoas dão os créditos ou algum tipo de referência ao blog. Ontem achei um texto meu num perfil de uma conhecida que também não sabia que era meu, e me disse que pegou não sei onde. Resolvi pesquisar no Orkut e achei 188 perfis que usavam meu texto, e sabem quantas deram a autoria? TRÊS pessoas.

Como se não bastasse, semana passada passei pela experiência bizarra de ver MINHA FOTO sendo usada num perfil que eu nem imaginava quem era.

Concordo que quando a gente se expõe na Internet de alguma forma, corre-se vários riscos. Paga-se o preço desses riscos, porque na verdade a gente não tem noção da mediocridade das pessoas. Não se trata de privacidade…ninguém pode reclamar de privacidade em plena Internet, porque chega a ser contraditório, mas por favor, sejam honestos com vocês mesmos. Usem meus textos á vontade, mas não me copiem.

E antes que eu me esqueça: ME ERREM, né? Ahhh, porra…Pra ganhar dinheiro ninguém me acerta!

Acho que vou começar a tirar as fotos da Marina da Internet….

As pessoas não sabem ter liberdade.

UPDATE: às pessoas que copiam já sem autoria por aí, esse texto não é uma direta para vocês. A minha bronca é com quem sabe e não dão os determinados créditos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star