Dia de eleição

Certa vez, fazendo uma prova de História, o professor pergunta em três questões diferentes como estava o Brasil em determinados períodos. Como eu não sabia responder, juntei as três questões e respondi em letras enormes: “Estava tudo péssimo, porque sempre está péssimo”.

Juro que como resposta o professor me perguntou: “Estás louca?!”.

É, eu não tinha estudado, mas a resposta estava errada? :-P

Hoje é dia de eleição, e o que eu mais ouvi esta semana foi sobre a história do Brasil e seus governantes. Pessoas que reclamam da falta de memória ou da falta de consciência do povo. Pessoas querendo anular seus votos ou votar em branco como forma de protesto. Particularmente acho ignorância, já que alguém vai ter que governar o país de qualquer jeito, e esses protestos têm tanto efeito quanto o próprio peso ou cor: nulo e branco.

Mas o que mais ouço por aí é que brasileiro não sabe votar. Bom, isso para nós é relativamente novo, então no meio de uma lista de candidatos, que a gente nem sabe direito para que serve, votar acabar sendo um tiro no escuro.

A primeira coisa que o eleitor deve aprender é que votar é um jogo. Depois de assistir o horário político você não pode simplesmente pegar qualquer um, porque gostou de seu discurso, e votar. Todos eles prometem mundos e fundos. Acredito na força de vontade de alguns deles, mas se tudo dependesse de força de vontade, seria maravilhoso.

Antes do candidato você tem que simpatizar com o partido, seu discurso e seus aliados. Não adianta você votar num candidato para presidente que seja do PSDB, por exemplo, e votar no PT para Governador, PL para Deputado Estadual etc, porque gostou particularmente dos candidatos. Se o seu prefeito for do PT e o Governador do PSDB, o candidato pode ser até muito honesto e esforçado, mas sabe quando os buracos da sua rua serão consertados? Nunca. Então o que acontece? O seu prefeito vai até com a maior boa vontade do mundo pedir verba, mas o governador vai dizer que não. Ele vai facilitar pro prefeito do partido dele. Então o que o seu prefeito precisa fazer? Trocar favores. Bom, isso vai acontecer o tempo inteiro, até no mesmo partido… as proporções que serão catastróficas.

Quanto ao discurso do partido, tem que prestar atenção no que é melhor como um todo. Quem não vive a realidade dos hospitais e escolas públicas, por exemplo, nunca se sensibilizarão com os discursos do PT, PDT, PSTU, PSOL etc.

Bom, mas cada um com seu cada qual. Não vou tentar influenciar no voto de ninguém… O que eu espero é que as pessoas consigam votar pelos motivos certos, e que entendam que não se vota isoladamente. Uma escolha sempre influenciará a outra.

Belo dia de votação para vocês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star